terça-feira, 21 de novembro de 2017

LIFE IN BLACK (Thrash/Heavy Metal - São Paulo/SP)


Início de atividades: 2014

Discos lançados: “Broken Ego”

Formação atual: Daniel Monfil (vocais), Ricardo Oliveira (guitarras), Marco Alexandre (guitarras, vocais, teclados), Marco Guerra (baixo, vocais), Richard Brandelik (bateria)

Cidade/Estado: São Paulo/SP




BD: Como a banda começou? O que os incentivou a formarem uma banda?

Daniel Monfil: a banda iniciou em 2014, após a separação do Hate for Revenge. Eu,  Ricardo Oliveira e o ex-baixista do Hate for Revenge decidimos seguir formar uma nova banda, com uma sonoridade mais atual e agressiva.

E chamamos o grande Marco Alexandre do lendário Poseidon pra tocar e assim foi formado o LIFE IN BLACK.

O Richard veio um tempo depois da banda já esta formada.

O incentivo foi basicamente renovar nosso som e tocar muito pra essa galera nova


BD: Quais as maiores dificuldades que estão enfrentando no cenário?

Daniel: muitas dificuldades. Pouco apoio da mídia, público somente apoiando as mesmas bandas ou covers, e infelizmente muita gente que esta na cena underground somente pra aparecer (fazer graça).


BD: Como estão as condições em sua cidade em termos de Metal/Rock? Conseguem tocar com regularidade? A estrutura é boa?

Daniel: Sampa ainda é um lugar bacana pra tocar, mas está saturado de locais com bandas covers. Hoje, o interior e fora de Sampa, a galera é muito melhor como público. E de estrutura, não temos o que reclamar, só tocamos em casas bacanas.

Mas para uma banda de som autoral, acho que tocamos bastante. Mas não está fácil...

Tem que correr muito atrás.

BD: Hoje em dia, muitos gostam de declarar o fim do Metal, já que grandes nomes estão partindo, e outros parando. Mas e vocês, que são uma banda, como encaram esse tipo de comentário?

Daniel: coisa de fase, todos vão parar uma hora. Mas sempre tem renovação no Metal, só não podemos ficar de olhos fechados para as bandas novas, pois serão elas que vão ocupar a cena daqui um tempo.


BD: Em termos de Brasil, o que ainda falta para o cenário dar certo? Qual sua opinião?

Daniel: nossaaaaa, muita coisa! Infelizmente quase tudo precisa mudar. Desde o público viciado em bandas covers, como produtores que tratam as bandas igual lixo. E as bandas precisam se unir mais também, para conseguir atingir voos maiores. Juntos, não teria pra ninguém. Mas tem alguns nomes que não se envolvem ou se acham os fodões, e isso só prejudica mais todo mundo.


BD: Deixem sua mensagem final para os leitores.

Daniel: bom, o LIFE IN BLACK agradece o espaço e todo mundo que acompanha nosso trabalho. Sempre feito de forma honesta e humilde.

E aguardem o segundo álbum logo vai estar ai... Aguardem!

E BORA PRO ARREBENTO!!!!

Abraços!

Ouça “Broken Ego” na íntegra: